Fundos processam Porsche em corte na Alemanha

Fundos querem recuperar 2 bilhões de euros em perdas ligadas à oferta de compra feita pela fabricante de carros esportivos para Volkswagen em 2008

Frankfurt – Um grupo de fundos de investimentos internacionais disse hoje que está processando a Porsche Automobil Holding SE na corte de Stuttgart, na Alemanha, buscando recuperar cerca de 2 bilhões de euros (US$ 2,59 bilhões) em perdas ligadas à oferta de compra feita pela fabricante de carros esportivos para Volkswagen em 2008.

Os fundos disseram, em comunicado, que a Porsche “ganhou controle sobre o preço das ações ordinárias da Volkswagen, à medida que secretamente acumulava enormes posições em derivativos”, cobrindo quase a totalidade das ações da Volkswagen em circulação e obteve lucros enormes quando as ações subiram temporariamente acima de mil euros por ação na ocasião.

Um porta-voz para os fundos disseram que estão movendo o processo os fundos Elliott Associates L.P., Elliott International L.P., The Liverpool Limited Partnership, Perry Partners L.P., Perry Partners International Inc., DE Shaw Valence International Inc. and York Capital Management Europe UK Advisors LLP.

Um porta-voz para a Porsche disse que a companhia entende as alegações como infundadas.

Parte dos fundos já havia iniciado processo semelhante em Nova York alegando manipulação de mercado pela Porsche, quando adquiriu 51% das ações da Volkswagen.

Volkswagen e Porsche decidiram, em setembro, adiar o plano de fusão em face de incertezas legais e buscavam possíveis alternativas. As informações são da Dow Jones.