Funcionários da Ford em Taubaté entram em greve

A greve é uma reação à intenção da empresa de retomar a escala intercalada de trabalho de segunda a sábado, adotada antes da crise

Funcionários da Ford em Taubaté (SP) iniciaram ontem greve por tempo indeterminado. Eles não concordam com a decisão da empresa de retomar escala intercalada de trabalho de segunda a sábado, com uma folga na semana, adotada antes da crise.

A Ford afirma estar investindo mais de R$ 1 bilhão na unidade e que a confirmação desse plano depende de acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos local para estabelecer a jornada especial.

“A não implementação ameaça seriamente a competitividade da planta”, diz. A fábrica tem 1,5 mil funcionários e produz motores e transmissões para Ka, Fiesta e Focus e exporta para Argentina, México, Venezuela e Índia.