Funcionário deleta empresa inteira com um clique

A empresa de Marsala hospeda sites de 1.535 clientes, que também foram apagados

São Paulo – Uma única linha errada de código foi o suficiente para apagar uma empresa inteira. O programador Marco Marsala acidentalmente mandou o computador apagar todos os arquivos que existiam em seus servidores.

A empresa de Marsala hospeda sites de 1.535 clientes, que também foram deletados.

A ordem infame era “rm –rf”, bastante conhecida entre profissionais da área de computação por seu poder destrutivo.

As letras “rm” significam “remover”, “r” deleta tudo em um diretório e “f” significa “força”, ou seja, ordena que o computador ignore os avisos que perguntam se o usuário tem certeza que deseja deletar aquele arquivo.

Até os back-ups foram apagados, de acordo com Marsala, que escreveu pedindo ajuda em um fórum para desenvolvedores. Ele recebeu críticas pela segurança falha de seu sistema.

Segundo as respostas no fórum, há poucas chances de recuperar os dados. O que resta, agora, é avisar todos da empresa e seus clientes e buscar um advogado, comentaram outros profissionais do ramo no fórum.