Funcionário da Delta quebra garrafa na cabeça de passageiro

Episódio aconteceu depois que um homem transtornado tentou abrir a porta de saída de uma aeronave durante um voo entre Seattle, nos EUA, e Pequim, na China

São Paulo — Um comissário de bordo da Delta Air Lines quebrou uma garrafa de vinho na cabeça de um passageiro. O episódio aconteceu na última quinta-feira (06), depois que um homem tentou abrir a porta de emergência da aeronave, que seguia de Seattle (Estados Unidos) para Pequim (China).

De acordo com informações da Associated Press, o passageiro foi identificado como Joseph Daniel Hudek IV, um morador de Tampa, na Flórida, de 23 anos. O avião já estava no ar há mais de uma hora quando Hudek, que viajava na primeira classe, entrou no banheiro. Ele teria saído de lá e falado rapidamente com um dos comissários. Depois, voltou mais uma vez ao banheiro e, ao sair, se atirado na porta de emergência, tentando abri-la.

Dois comissários tentaram detê-lo, contando com a ajuda de outros passageiros. Na briga, um deles levou um soco no rosto e um passageiro foi ferido. A confusão só terminou quando um dos assistentes pegou duas garrafas de vinho e acertou na cabeça de Hudek.

O homem foi controlado e o avião voltou a Seattle. Na sexta-feira, Hudek compareceu ao Tribunal Distrital dos EUA, mas reservou-se o direito de ficar calado durante a audiência. Seu julgamento deve acontecer na próxima quinta-feira, dia 13. Se condenado, o passageiro pode receber uma sentença de até 20 anos de prisão e uma multa de 250 mil dólares. 

 

 

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Estragou a garrafa.

  2. Rogerio Martin

    A Manchete deveria ser, “Funcionário da Delta, salva voo, após dar garrafada em passageiro alterado”

    1. Francis Rodrigues

      Concordo!

    2. José Carneiro Carvalho Neto

      Imprensa brasileira totalmente doente. O certo seria, funcionário da Delta salva vôo de um passageiro louco que queria abrir uma porta em pleno ar.

  3. José Carneiro Carvalho Neto

    Imprensa brasileira totalmente doente. O certo seria, funcionário da Delta salva vôo de um passageiro louco que queria abrir uma porta em pleno ar.

  4. Carlos Alberto Ondas

    Se quer morrer morra sozinho F.D.P