Foxconn conclui aquisição da Sharp, em acordo de US$ 3,8 bi

Com isso, o magnata taiwanês Terry Gou pode começar a reestruturar a companhia japonesa em dificuldades

Tóquio – A Foxconn Technology Group, companhia que atua na montagem de iPhones, concluiu nesta sexta-feira um acordo de US$ 3,8 bilhões para comprar a fabricante de eletroeletrônicos Sharp.

Com isso, o magnata taiwanês Terry Gou pode começar a reestruturar a companhia japonesa em dificuldades.

A Sharp, sediada em Osaka, disse que recebeu uma injeção de caixa de 388,1 bilhões de ienes (US$ 3,81 bilhões) da Foxconn, formalmente conhecida como Hon Hai Precision Industry.

Em troca, a companhia taiwanesa adquiriu 66% da Sharp.

O executivo-chefe da Sharp, Kozo Takahashi, renunciou ao posto nesta sexta-feira e deve ser substituído pelo braço direito de Gou, Tai Jeng-wu.

A Sharp disse que seu conselho se reunirá no sábado para nomear um novo executivo-chefe. Fonte: Dow Jones Newswires.