Fibria apura lucro no 4º trimestre mas prejuízo em 2012

Empresa fechou 2012, contudo, com prejuízo líquido de R$ 698 milhões

A Fibria, maior fabricante mundial de celulose branqueada de eucalipto, registrou lucro líquido de R$ 48 milhões no quarto trimestre de 2012, revertendo o prejuízo que perdurava desde o terceiro trimestre do ano anterior.

O último lucro da Fibria havia sido no segundo trimestre de 2011, quando totalizou R$ 215 milhões. Apesar do resultado positivo no quarto trimestre, a companhia encerrou 2012 com prejuízo líquido de R$ 698 milhões. Em 2011, a Fibria havia registrado prejuízo líquido de R$ 868 milhões.

O Ebitda no quarto trimestre, ajustado em itens não recorrentes, alcançou R$ 753 milhões, expansão de 93% em relação ao mesmo intervalo de 2011. No acumulado do ano, o indicador totalizou R$ 2,253 bilhões, acréscimo de 15% sobre o ano anterior. A margem Ebitda no quarto trimestre ficou em 41%, contra 28% do quarto trimestre de 2011 e de 37% no terceiro trimestre de 2012.

Já a receita líquida cresceu 33% no quarto trimestre em relação ao mesmo período de 2011, para R$ 1,853 bilhão, impulsionada principalmente pela elevação dos preços da celulose, do câmbio mais favorável às exportações e da demanda no mercado chinês. Entre janeiro e dezembro, a receita da Fibria totalizou R$ 6,174 bilhões, incremento de 5% em relação a 2011.

Com o câmbio praticamente estável entre o fechamento do quarto trimestre e do terceiro trimestre de 2012, o resultado financeiro da Fibria ficou negativo em R$ 260 milhões no quarto trimestre, diante de um resultado negativo de R$ 142 milhões no mesmo intervalo do ano anterior. No acumulado anual, o resultado financeiro da Fibria ficou negativo em R$ 1,696 bilhão, contra R$ 1,869 bilhão negativo em 2011.