Fannie Mae tem prejuízo de US$ 5,09 bi no terceiro trimestre

As perdas da Fannie Mae com derivativos de gestão de risco totalizaram US$ 4,53 bilhões no terceiro trimestre deste ano

Washington – A agência semigovernamental norte-americana de crédito hipotecário Fannie Mae informou que teve um prejuízo líquido de US$ 5,09 bilhões no terceiro trimestre, após um prejuízo líquido de US$ 1,34 bilhão no mesmo período de 2010. Incluindo-se os pagamentos de dividendos preferenciais ao Departamento do Tesouro dos EUA, o prejuízo foi de US$ 7,58 bilhões no terceiro trimestre deste ano, ou US$ 1,32 por ação, comparável a um prejuízo de US$ 3,46 bilhões no mesmo período do ano passado (US$ 0,61 por ação). A receita líquida cresceu 7,8% no ano, para US$ 5,48 bilhões.

As perdas da Fannie Mae com derivativos de gestão de risco totalizaram US$ 4,53 bilhões no terceiro trimestre deste ano, comparáveis a um ganho líquido de US$ 525 milhões no mesmo período de 2010. A provisão para perdas de crédito e despesas com a execução de hipotecas se reduziu a US$ 4,88 bilhões no terceiro trimestre deste ano, de US$ 5,56 bilhões um ano antes.

A Fannie Mae foi encampada pelo governo dos EUA em 2008, no auge da crise financeira. A agência chegou a registrar um pequeno lucro no quarto trimestre de 2010, depois de 13 trimestres consecutivos de prejuízos, mas voltou ao vermelho no primeiro trimestre deste ano. Suas ações são negociadas apenas no mercado de balcão, por terem sido removidas da Bolsa de Nova York. As informações são da Dow Jones.