Exportação da Miolo sobe para 320 mil garrafas em 2011

Esse resultado consolidou a empresa na posição de maior exportadora de vinhos finos brasileira

São Paulo – As vendas externas da empresa de bebidas Miolo Wine Group aumentaram 40% em 2011 ante 2010, para 320 mil garrafas com destino a 31 países. O resultado consolidou a empresa na posição de maior exportadora de vinhos finos brasileira, com a conquista, pelo terceiro ano, do troféu “Saca-Rolhas” do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) na categoria maior valor exportado e maior número de países.

Segundo a empresa, em nota, as exportações aumentaram para destinos em que a Miolo já está presente, como o Canadá, com crescimento de 140% no volume de vendas, e para Hong Kong, com aumento de 95%. A empresa também ampliou sua atuação na Finlândia em dezembro, quando venceu licitação para exportar o espumante Brut Millésime para o monopólio Alko. A Inglaterra se manteve como principal destino, importando o total de 106 mil garrafas.

Outro destaque foi a ação inédita de apresentar a primeira loja exclusiva da marca no exterior. O local escolhido foi Shanghai, na China. A loja pertence à importadora Ningbo Ke Peng. “Esta é a hora do vinho brasileiro no mundo. O feedback do mercado nos mostra que estamos no caminho certo”, afirmou a gerente de Relações Internacionais da Miolo, Morgana Miolo. Conforme Morgana, a empresa pretende manter a trajetória de crescimento no próximo ano, ampliando o seu market share nos principais centros consumidores de vinho do mundo.