Ex-engenheiro da VW recorrerá de sentença de prisão nos EUA

Justiça norte-americana sentenciou James Liang a 40 meses de prisão por seu envolvimento em um esquema da companhia para vender carros a diesel

O ex-engenheiro da montadora alemã Volkswagen, James Liang, planeja apelar da decisão que o sentenciou a 40 meses de prisão por seu envolvimento em um esquema de anos da companhia para vender carros a diesel que poluem mais que o permitido na legislação norte-americana, mostrou um documento judicial na quinta-feira.

Um juiz federal sentenciou Liang em agosto.

O juiz Sean Cox, da Corte Distrital dos Estados Unidos, também ordenou que o ex-engenheiro pague uma multa de 200 mil dólares.

Em documento peticionado junto à corte, em Michigan, seu advogado afirmou na quinta-feira que recorrerá da sentença dada a Liang à corte de apelações nos Estados Unidos.