Dólar R$ 3,28 0,12%
Euro R$ 3,67 0,13%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa -0,05% 63.227 pts
Pontos 63.227
Variação -0,05%
Maior Alta 22,54% JBSS3
Maior Baixa -4,09% CYRE3
Última atualização 25/05/2017 - 17:21 FONTE

Ericsson anuncia que vai demitir 3 mil pessoas na Suécia

A Ericsson anunciou que vai reduzir o número de empregados em quase 20% na Suécia

Estocolmo – A Ericsson planeja reduzir em quase 20% sua força de trabalho na Suécia. A fabricante de equipamentos para redes de telecomunicações trabalha para cortar custos, diante da competição crescente com rivais chinesas e da fraca demanda por seus produtos sem fio.

A Ericsson afirmou nesta terça-feira que pretende cortar 1 mil postos no setor de produção, 800 em pesquisa e desenvolvimento e 1.200 em outras operações, como vendas e administração. Com isso, haverá uma redução total de 3 mil dos 16 mil funcionários da companhia na Suécia.

O corte anunciado ocorre dois meses após o executivo-chefe da empresa, Hans Vestbert, ser demitido, já que não conseguiu reverter a tendência fraca dos resultados de lucro e receita da Ericsson. No fim de julho, Jan Frykhammar foi nomeado executivo-chefe interino.

A companhia sueca enfrenta a desaceleração na demanda por suas torres para celulares e outros equipamentos e enfrenta maior concorrência, com a chinesa Huawei Technologies crescendo agressivamente na Europa e a rival nórdica Nokia ganhando mais força com a aquisição da Alcatel Lucent.

A Ericsson aposta no desenvolvimento de redes sem fio mais rápidas, chamadas 5G, e em serviços baseados em software como a chamada Internet das Coisas e a computação em nuvem.

A Ericsson, que tem cerca de 115 mil funcionários pelo mundo, disse também que reduzirá o número de consultores de fora na Suécia em 900. A companhia disse que dialoga com sindicatos por causa dos planos de cortes. Fonte: Dow Jones Newswires.