Empresas de telecomunicações se comprometem com meio ambiente

A Telefónica celebrou hoje a sétima edição do "Workshop Global de Energia e Mudança Climática", na capital uruguaia

Montevidéu – Mais de 190 responsáveis da Telefónica, junto com representantes de 23 companhias tecnológicas colaboradoras, se reuniram em Montevidéu para reafirmar o compromisso com o meio ambiente e a redução do consumo de energia e emissões, informou nesta segunda-feira a empresa espanhola.

A Telefónica celebrou hoje a sétima edição do “Workshop Global de Energia e Mudança Climática”, na capital uruguaia, um evento que a empresa pretende envolver seus parceiros no desafio de diminuir a contribuição para o aquecimento global e a mudança climática.

“As empresas de telecomunicação têm um papel decisivo, contribuirão para a redução de 20% das emissões de CO2 em nível mundial até 2030”, disse no evento a diretora de Sustentabilidade e Gestão de Intangíveis da Telefónica, Geert Paemen.

As diferentes divisões da Telefónica compartilharam no evento as melhores práticas realizadas nos 17 países onde a companhia opera. Além disso, foram analisadas as soluções mais inovadoras em matérias de eficiência energética e energias renováveis.

O diretor global de Operações e Operational Support Systems da Telefónica, Juan Manuel Caro, afirmou no comunicado que os “novos objetivos de energia e mudança climática da empresa são um desafio que só poderemos alcançar com um empurrão e a inovação de nossos parceiros tecnológicos”.

“É um orgulho que nosso país tenha sido eleito sede do VII Workshop Global, mas, além disto, é uma oportunidade para demonstrar que é possível evoluir em direção a um modelo energético sustentável”, completou o presidente da Telefónica Uruguai, Marcelo Tarakdjian.

O evento faz parte dos compromissos para 2020 anunciados pelo presidente da Telefónica, José María Álvarez-Pallete.

Na nota, ele expressou a intenção de aumentar em 50% a eficiência energética da empresa e promover o uso de energias renováveis para reduzir as emissões de gases do efeito estufa.

A Telefónica promoveu 259 projetos de eficiência energética até 2015, entre os quais estão a refrigeração com ar exterior, a modernização de equipamentos, o desligamento de redes e a eletrificação de energia renovável.