Empresas chinesas de aerogeradores planejam fábricas no Brasil

Fabricantes de geradores de energia eólica já mantêm escritórios no país

São Paulo – Três grandes fabricantes chinesas de aerogeradores estão estudando “seriamente” a vinda para o Brasil, informou a Associação Brasileira de Energia Eólica (Abeeólica) nesta quarta-feira.

Representantes da entidade estiveram na China para um evento do setor e se encontraram com executivos das empresas.

A companhia que estaria em estágio mais adiantado para instalação de fábrica no Brasil é a Sinovel Wind Group, que já tem escritório no país e encomendas, segundo o vice-presidente da Abeeólica, Lauro Silva Junior.

Outra empresa seria a China Guodian United Power Technology, que avalia dois Estados brasileiros para erguer as instalações, de acordo com a Abeeólica.

Ainda a Gold Wind Science and Technology também teria declarado planos de vir para o Brasil.