“Efeito Brasil” elevou interesse por caça sueco, diz Saab

O responsável pela unidade de negócios Gripen, Jerker Ahlqvist, informou que outros países da América do Sul demonstraram interesse pelo caça

São Paulo – A fabricante aeronáutica sueca Saab disse que notou um “efeito Brasil” no interesse pelo modelo Gripen após a Força Aérea Brasileira (FAB) anunciar a compra de 36 caças em 2014.

O responsável pela unidade de negócios Gripen, Jerker Ahlqvist, informou que países da América do Sul demonstraram interesse pelo caça na sequência ao fechamento do negócio, mas não disse quais são esses países. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.