Domicílio fiscal estrangeiro do McDonald’s agora é no Reino Unido

A companhia instala uma nova holding na Grã-Bretanha para cobrir os seus lucros na maioria de suas lojas fora dos Estados Unidos

McDonald’s anunciou nesta quinta-feira que vai transferir sua sede fiscal para a maioria de suas operações fora dos Estados Unidos à Grã-Bretanha depois que a Comissão Europeia ameaçou os seus lucros em Luxemburgo.

A companhia instala uma nova holding na Grã-Bretanha para cobrir os seus lucros na maioria de suas lojas fora dos Estados Unidos, disse. Os seus ganhos estarão sujeitos às regras fiscais britânicas para as empresas, acrescentou.

O grupo estabelecerá sua sede e domicílio no Reino Unido por razões fiscais, segundo uma porta-voz.

“Todos os benefícios do novo holding internacional estarão submetidos às taxas tributárias das empresas britânicas”, reiterou.

Estas mudanças, que passarão a valer a partir de janeiro de 2017, implicarão no fechamento de escritórios administrativos do gigante mundial do fast-food em Genebra.

Os escritórios de Luxemburgo continuarão responsáveis pelas lanchonetes no país, apesar de algumas funções serem transferidas para o Reino Unido.