Sondagem do ReclameAQUI mostra que consumidor brasileiro vai pesquisar mais antes de comprar na Black Friday

O Reclame AQUI apresentou nesta quarta-feira as ações especiais para a sexta edição da Black Friday Brasil.

A cobertura em 2015 contará com o reforço de uma ferramenta que facilita a pesquisa de reclamações, dividindo por categorias, tipos de produtos e até região. O hotsite www.reclameaqui.com.br/blackfriday trará todas as informações úteis para quem vai aproveitar os descontos.

Neste ano, o portal vai produzir rankings e pesquisas exclusivas. Nas redes sociais, o ReclameAQUI irá fazer novamente um plantão no Facebook, comentando tudo o que acontece durante a promoção.

Para a data, o site realizou uma pesquisa online que revela o impacto do cenário econômico no processo de compra. Entre os entrevistados, 69,6% disseram que vão pesquisar os preços em várias lojas antes de colocar os produtos no carrinho. 35% disseram que já adiaram a aquisição de produtos mais caros.

A sondagem foi respondida por 11790 pessoas, de todo país. O consumidor está mais atento às ofertas reais e 97% vão pesquisar informações e reputação da loja em que pretende comprar.

Para a maioria, o desconto vale mais que a fidelidade à marca. As mercadorias mais procuradas devem ser os smartphones, produtos da linha branca, televisores, roupas e sapatos. Cerca de 25% dos consumidores devem gastar de R$ 1000 a R$ 2000 durante o evento. 58% dos entrevistados vão aproveitar a Black Friday para adquirir os presentes de Natal. O maior volume de compras deve ocorrer pela manhã e depois das 18h.

Site projeta receber 15 mil reclamações durante evento

O presidente do ReclameAQUI, Maurício Vargas, espera uma melhora no atendimento aos clientes, mas não descarta aumento no número de reclamações neste ano. “Devemos chegar a 15 mil queixas no site em 2015”, afirma. Vargas alerta, ainda, para uma estratégia que os grandes portais do e-commerce adotaram, o marketplace, em que vendem produtos de lojas parceiras. Muitas vezes esta prática não está clara para o consumidor.

Na edição passada, foram mais de 12 mil reclamações durante as 24 horas da Black Friday. As principais reclamações dos internautas foram problemas de navegação nos sites, maquiagem de preços e dificuldades para concluir a compra. O acesso do hotsite alcançou o 1,3 milhão, com média de 6 mil visitas por instante e picos que chegaram a 12 mil pessoas ao mesmo tempo.

Novidades da Black Friday 2015

A Black Friday 2015 terá um selo, assinado pelo ReclameAQUI, que vai referendar as lojas com melhor reputação durante o evento. O consumidor que encontrar a marca no site que participa da promoção terá um indicativo de que a empresa tem um atendimento BOM, ÓTIMO, ou RA1000, segundo os próprios consumidores, nos últimos seis meses.

“As empresas participantes passaram por análise e aceitaram um termo de uso, com o compromisso de atender o consumidor da melhor maneira possível durante e após o evento”, destaca o presidente do ReclameAQUI, Maurício Vargas.

A ferramenta HugMe, de monitoramento e atendimento pelas redes sociais, já iniciou o trabalho de acompanhamento do evento. Entre os mais de 70 mil dados coletados até agora, mais de 80% são de menções negativas à promoção, com relação principalmente às variações de preços. “Descobrimos, por exemplo, que apenas 4% dos consumidores encaram a Black Friday de forma positiva”, afirma Gisele Paula, Diretora de Relacionamento. A plataforma estará disponível gratuitamente para as empresas durante a Black Friday.

O ReclameAQUI irá permitir que os consumidores façam o acompanhamento das compras realizadas durante a Black Friday por meio da plataforma de cash back do grupo. Dessa maneira, quem comprar pelo site da Mooba, que reúne apenas empresas recomendadas pelo ReclameAQUI, poderá acompanhar se a mercadoria está dentro do prazo para ser entregue. “Se o prazo já tiver expirado, o consumidor poderá postar uma reclamação no site, O CEO da Mooba, José Eduardo Rangel.

Sobre o ReclameAQUI®

Uma das maiores plataformas de relacionamento da América Latina entre consumidores e empresas, o ReclameAQUI® possui cerca de 16 milhões de acessos por mês, 15 milhões de usuários cadastrados e mais de 120 mil empresas cadastradas. Diariamente são postadas cerca de 20 mil reclamações. Atualmente, o tempo médio de resposta das empresas é de 3 dias, alcançando um índice médio de solução de 76%.

Cerca de 90% dos internautas procuram o site para saber da reputação das empresas, com o usuário passando em média mais de 10 minutos navegando. Dos consumidores cadastrados, 65% foram diretamente ao site antes de passar pelo SAC das empresas. A explicação: o índice de solução de problemas. Mais de 90 mil empresas estão cadastradas no portal, gerando 14 mil empregos indiretos.

Website: http://www.reclameaqui.com.br/blackfriday