A primeira atitude que você pode pensar quando os negócios chegam a um patamar sólido e consistente na região local é levá-lo para o exterior. Assim, internacionalizar seu negócio pode ser muito lucrativo, porém terá que considerar alguns aspectos importantes antes mesmo de executar. Na entrevista, o empresário brasileiro Flavio Maluf descreve esses pontos e aspectos importantes para empreendedores alcancem êxito e rentabilidade na internacionalização do seu negócio.

1. Estude e conheça seu mercado alvo
Faça uma pesquisa de mercado acerca da aceitação do seu produto ou serviço. É uma maneira bastante fácil para isso é participar das feiras objetivando saber em que nível está esse segmento no lugar que pretende investir, afirma Flavio Maluf.

2. Aja conforme o mercado local, porém pense de forma global
Nem sempre o que dá certo no seu país resultará em sucesso no exterior, ressaltou Flavio Maluf. Então, a ideia, a construção ou o projeto pode até ser visualizado como global, mas a aplicação deve se adaptar ao próprio local.

3. Busque ajuda de uma consultoria global
É fundamental buscar ajuda de um consultor global ou um especialista do país para detalhar as melhores estratégias dentro do que você quer realizar. Mas independente de tudo, o ideal é ser conservador e ir arriscando conforme o tempo e retorno. Vá devagar, conheça o terreno para então montar a estrutura, sugere Flavio Maluf.

4. Esteja informado dos parâmetros tributários bem como as leis
Internacionalizando seu negócio, toda a parte tributária e legislação irão mudar, por isso, é preciso estar familiarizado para não ficar no prejuízo e gerar problemas financeiros por falta de conhecimento prévio.

5. Saiba dominar o idioma
Isso até parece óbvio, mas gera transtornos quando não é levado a sério. Uma leitura no rótulo deve ser compreendida, a comunicação no país deve ser clara e, para isso, o idioma precisa ser dominado, comenta Flavio Maluf.

6. Contratação e formação de uma equipe especializada
As pessoas que você irá contratar precisam ser qualificadas e que compreendam o mercado internacional. Será preciso investir em uma equipe forte, que esteja comprometida e todos falando a mesma língua.

7. Analise o setor logístico
Verifique as barreiras aduaneiras, os impostos cobrados, a legislação local do país, a logística dos produtos e serviços, dentre outros. Importante destacar os custos dessa logística bem como a tramitação dos documentos.

8. As formas de crédito e pagamentos devem ser restritos
Por ser algo em que não se tem domínio total ou experiência, ao estar internacionalizando seu negócio é bom que exija pagamento antecipado, seguros de crédito e cartas de crédito.

Por mais que seja um negócio recente, ele precisará de respaldo para continuar trabalhando. Seja bastante exigente nesse aspecto e firme, sugere Flavio Maluf. Há muitos pontos que devem ser levados em conta por ser uma atividade complexa, por isso, Flavio Maluf aconselha a analisar cada um em particular e também buscar especialistas a fim de obter mais informações e conhecimento.
Website: http://flaviomaluf.com/