Dólar R$ 3,27 -0,31%
Euro R$ 3,65 -0,49%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,60% 62.662 pts
Pontos 62.662
Variação 1,60%
Maior Alta 9,53% JBSS3
Maior Baixa -1,42% EMBR3
Última atualização 23/05/2017 - 17:14 FONTE

José Borghi é um dos publicitários mais influentes do Brasil

José Borghi, fundador da agência Mullen Lowe, a antiga Borghi Lowe, é considerado um dos publicitários mais influentes do meio. Ele é criador de campanhas de grande repercussão como Mamíferos da Parmalat, em que crianças apareciam vestidas como bichos de pelúcia e cantavam jingles inesquecíveis e a do Sazón com o hit de Zezé di Camargo e Luciano, “É o amor”, que também é lembrado até hoje.

A trajetória de sucesso do publicitário iniciou-se de uma dúvida: qual carreira seguir? Ainda cursando o terceiro ano do ensino médio sua irmã o chamou para ver uma apresentação no teatro Castro Neves para ajudar a escolher qual caminho seguir. A apresentação era uma mostra de Vts comerciais que foram premiados em Cannes. A partir dali José Borghi já sabia qual seria sua carreira, mas dificilmente poderia prever que no futuro estaria ele ganhando um dos leões de Cannes.

Nascido em Presidente Prudente, José Borghi graduou-se pela PUC Campinas em Publicidade e Propaganda pela PUC. O primeiro emprego na área foi no ano de 89 na agência Standart Ogilvy. O redator logo se destacou e passou por outras agências de renome, a exemplo da FCB, DM9/DDB, Talent e Léo Burnett até abrir sua própria agência, a BorghiErh, juntamente ao sócio Erh Ray. “Não tivemos nenhum investidor, nenhum banco, nenhum padrinho. Viemos do zero absoluto. E por isso trabalhamos duro. Fomos mídia, planejamento, criação, atendimento e cafezinho”, disse Erh Ray. O sucesso foi grande e logo foi comprada pela Lowe, se tornando a Borghi Lowe em dezembro de 2006, quando dividiu a presidência com o Erh Ray. A partir daí a agência cresceu e ganhou ainda mais evidência no mercado nacional e internacional. Recentemente se fundiu com a Lowe&Partners e o grupo Mullen, a agência agora se chama Mullen Lowe. José Borghi passou a co-CEO ao lado de André Gomes.

Maratonista, o publicitário reconhece na sua capacidade de persistir mesmo em situações adversas e correr atrás do que almeja. “Percebi muito cedo que ninguém ia me dar nada, que nada viria de graça, nem por sorte ou destino. Entendi que sem meu próprio esforço seria apenas mais um”, afirmou José Borghi a respeito dos resultados que alcançou.

Desde o início da carreira esteve à frente de cases importantes, além dos já mencionados. Rever Conceitos” da Fiat, “Carlinhos” para a Associação de Síndrome de Down foram algumas delas, bem como campanhas para Honda e outras empresas de grande porte, que renderam prêmios aqui e no exterior. Entre elas estão Delta Airlines, Fiat, Editora Globo, Unilever, Procter, Electrolux, Grupo Bunge, Grupo Folha, Asia Motors, Antarctica, America On Line, Alpargatas, BankBoston, American Express, Itaú, Arcor, Tintas Coral e etc. As premiações de maior destaque são: 14 leões de Cannes, 7 prêmios no London Festival, 10 premiações no The One Show, 11 no New York Festival,15 Prêmios Abril de Publicidade e 10 Clios Awards. Também foi eleito pela APP em 2009 o profissional da agência “Publicitário do Ano” na pelos Colunistas São Paulo (26º ano).