Dólar R$ 3,27 -0,54%
Euro R$ 3,66 0,32%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa -0,31% 63.886 pts
Pontos 63.886
Variação -0,31%
Maior Alta 3,37% FIBR3
Maior Baixa -2,48% CIEL3
Última atualização 29/05/2017 - 11:44 FONTE

Empreendedorismo Digital: Mercado de atuação que não para de crescer!

Empreender no atual cenário em que a crise financeira tomou conta do mercado, se torna a melhor opção para quem não quer naufragar no oceano de insegurança e falta de oportunidade do mercado formal.

Segundo estudos realizados pela e-bit, o empreendedorismo digital chegou para mudar a forma de pensar, de empreender e gerar negócios altamente lucrativos, engajando pessoas a pensarem fora da caixa e a colocarem suas ideias no papel. Ops, no papel não, nos principais canais de busca da internet!

Tendo em vista que:
– 94% dos internautas pesquisam sobre produtos e serviços antes de comprar;

– Os internautas brasileiros passam 3x mais tempo na internet do que vendo tv, com faixa etária média de 26 anos;

– Mais de 90% dos empreendedores digitais possuem fan page, canal no Youtube e Instagram e divulgam seus produtos e serviços nas redes sociais;

– O país já representa 59,1% de todas as transações em comércio eletrônico da América Latina, de acordo com um estudo realizado pela América Economia Intelligence e encomendado pela Visa.

Percebe-se que a inversão de paradigmas é inegável! Como forma de reduzir custos, o raciocínio “tira daqui e põe alí” se concretiza da seguinte forma: o investimento passa a ser mais reduzido, direcionado para publicidade na internet e para a gestão de conteúdo, não mais para uma infraestrutura que demande um investimento robusto.

Estudos apontam que existe muito espaço para desenvolvimento e crescimento do e-commerce no Brasil se compararmos com a média mundial, por exemplo. Com isso, esse novo modelo de empreendedorismo, muitas startups vem dando lucro e se tornando inspirações para os novos profissionais do mercado. Portanto, tire a sua ideia do papel e a transforme em uma grande oportunidade de negócio digital.

Sendo assim, um novo modelo de negócio é criado, e sofre constantes remodelagens mediante o perfil econômico e social, em que os clientes/internautas são mais exigentes com a qualidade dos produtos e serviços; transparência na relação estabelecida com a sua marca; interatividade em tempo real; experiência memorável de compra, e um relacionamento “e-mocional” com a marca elevando o desejo de compra.

Se você tiver alguma dúvida, sugestão ou quiser apenas compartilhar conhecimentos, fique à vontade para interagir em nossa página deixando um comentário.
Feito com
Website: http://agenciamultinegocios.com.br/