CEO da Mullen Lowe Brasil comenta entrevista do designer Jaakko Tammela

Nesse ano, o designer Jaakko Tammela, ganhou destaque com o desenvolvimento do projeto de bomba d”água que parte da casa do futuro e jurado no Cannes Lions da edição de 2016 na área Product Design.

Jaakko Tammela atua na área de creative empowerment da agência acredita que o processo de design deve ser centrado nas pessoas, assim é possível captar as demandas da marca bem como sua capacidade de criar uma solução de relevância. Trata-se do pilar fundamental do negócio e que o torna sustentável, daí a importância do design nesse contexto. “Empoderamos as organizações pelo design” – afirma Tammela.

O casamento do Branding com o design
Uma questão levantada por Jaakko e reafirmada por José Borghi relaciona o Branding com o design. Para ele sem design não há Branding nem comunicação, sendo este a materialização de um discurso. Sem ele, os produtos e serviços entregam apenas expectativas.

Cases de sucesso como o da Mullen Lowe Brasil aconteceram porque ainda na época da Borghi Lowe houve uma preocupação em alinhar os dois conceitos, de forma a buscar uma interação e tornar a promessa algo tangível.

Elementos do design
É possível definir o design em três camadas: a externa é sensorial, composta daquilo que vemos e sentimos; a segunda camada pode ser definida como a forma que as pessoas se relacionam com as soluções apresentadas a mais profunda camada é um significado que atribuímos a algo.

O design “trafega por entre essas três camadas, indo e voltando até entregar uma resposta relevante.

Para Tammela “Quando ampliamos a perspectiva do design (como o Design Thinking o faz), conseguimos utilizar esse approach para, não apenas, desenhar novos produtos/serviços, mas também negócios”. Segundo ele há no mercado empresas clássicas cujos fundadores ou cofundadores são designers como o Kickstarter, a Mullen Lowe Brasil, e o Airbnb.

O designer acredita que o meio digital além de facilitar processos está sendo determinante para o ganho de produtividade e inovação. Também facilitam a comunicação e a entrega do design, ampliando a plataforma de solução. Atualmente um produto pode ser um bem intangível como um aplicativo. O que é incrível e que pode gerar novos negócios.

“Eu acho que estamos presos em um complexo de classe média, em que não valorizamos o que sabemos fazer, como o nosso artesanato, por exemplo, e também não conseguimos brincar com os primos ricos com alta tecnologia.”

Jaakko acredita que somos um povo de certo modo diferente que tem a habilidade de colocar significado nas tarefas que desempenha por meio de um “cuidado carinhoso”. Os alemães cuidam com precisão, os americanos apresentam um cuidado tenso e os holandeses tem um cuidado conceitual, por exemplo. Já os brasileiros trabalham por produtos “soul mades” em vez de “tech mades”.

Sobre José Borghi
O publicitário é fundador da agência Mullen Lowe Brasil, a antiga Borghi Lowe, sendo visto como dos profissionais mais influentes do meio. Criados de campanhas como Mamíferos da Parmalat, o publicitário foi premiado com vários cases, a exemplo da campanha do Sazón com o hit de Zezé di Camargo e Luciano, “É o amor”.