Copasa aprova aumento de capital de R$ 128,4 milhões

O Conselho de administração da Copasa aprovou a constituição de Adiantamento para Futuro Aumento de Capital para posterior aumento de capital

São Paulo – A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) informou que seu conselho de administração aprovou, após reunião realizada nesta quinta-feira, 23, a constituição de Adiantamento para Futuro Aumento de Capital (AFAC), por parte do acionista controlador – o Estado de Minas Gerais – para posterior aumento de capital, no valor de R$ 128,4 milhões.

Segundo a ata da reunião, disponibilizada no site da companhia, o repasse ocorrerá mediante parcela inicial de R$ 30 milhões, que será paga nesta sexta-feira, 24, e o saldo restante, de R$ 98,4 milhões, será repassado “com base no cronograma físico-financeiro do empreendimento ao qual se destinará os recursos”, ou seja, a obra de tratamento do Rio Manso.

Dessa forma, R$ 25,7 milhões serão repassados em 10 de junho, R$ 22,7 milhões em 10 de julho, R$ 24,1 milhões em 10 de agosto, R$ 16,1 milhões em 10 de setembro e R$ 9,8 milhões em 10 de outubro. De acordo com a ata, esses repasses podem ser antecipados.

O documento informa ainda que a constituição do AFAC resultará em um aumento de capital por meio da subscrição particular de ações ordinárias, com preço unitário de R$ 18,17. “Será dado aos acionistas minoritários o direito de preferência para subscrição dessas ações, como forma de preservar a proporcionalidade no capital da companhia”, diz a Copasa.

A injeção de recursos será destinada para cobrir os gastos extras de um projeto de captação de água da Copasa, sendo executado pela Odebrecht por meio de Parceria Público-Privada (PPP), para a construção de uma estação de tratamento de água no Rio Manso.

“Tal investimento torna-se necessário em função do notório agravamento da crise hídrica nos Estados do Sudeste, comprometendo a capacidade de captação de água pelos sistemas que abastecem a região metropolitana de Belo Horizonte, entre os quais o sistema produtor Rio Manso”, informa a ata da reunião.