China lança jato para concorrer com Boeing e Airbus

China quer se tornar um dos maiores produtores de aeronaves do mundo, em um mercado dominado por fabricantes ocidentais como Boeing e Airbus

São Paulo – O primeiro jato para passageiros fabricado pela China acabou de decolar. Ele leva a esperança do país de se tornar um dos maiores produtores de aeronaves do mundo, em um mercado dominado por fabricantes ocidentais como Boeing e Airbus.

O avião c919 fez um voo teste na sexta-feira, 5, a partir do aeroporto internacional de Xangai. A fabricante é a estatal Commercial Aircraft Corp. of China Ltd.,  também chamada de Comac.

Segundo a agência de notícias oficial, Xinhua News Agency, a ideia da China é ser a quarta maior fabricante de jatos para passageiros, atrás dos Estados Unidos, Europa e Rússia.

Essa meta ambiciosa ainda está longe de ser completada. O avião deveria ter sido inaugurado em 2014, mas problemas na produção atrasaram a decolagem. Por isso, ainda que o voo inaugural tenha sido nessa semana, o avião deverá transportar passageiros apenas em 2019 por conta de aprovações e certificações.

Segundo a Associated Press, a Comac deverá fabricar duas aeronaves por ano até 2019 para obter permissão de voo.

A companhia aérea escolhida para operar as aeronaves é a China Eastern Airlines. Mais de 570 encomendas já foram feitas e a expectativa é que a fabricante abasteça principalmente o mercado chinês.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Quem é louco de voar nesse LIXO chines!!