Chesf e Eletronorte, da Eletrobras, são vetadas em leilão

A Chesf e a Eletronorte, da Eletrobras, não poderão participar do próximo leilão de transmissão devido ao excesso de atrasos em obras

São Paulo – As elétricas Chesf e Eletronorte, subsidiárias da estatal Eletrobras, tiveram vetada a participação como majoritárias no próximo leilão de concessões de linhas de tranamissão de eletricidade, agendado para 28 de outubro, devido ao excesso de atrasos em obras no setor, informou a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) em despacho no Diário Oficial da União desta quarta-feira.

Segundo documento da agência, a Chesf acumula uma média de 1.472 dias de atraso nos projetos de transmissão em andamento, o que já rendeu à companhia oito multas, enquanto a Eletronorte tem atraso médio de 514 dias e três multas aplicadas.