Califórnia suspende serviço de carros autônomos do Uber

A empresa iniciou os testes sem permissão, apesar da exigência da lei neste estado americano

A Califórnia suspendeu os testes do serviço de carros sem motorista do Uber, pouco depois da empresa de transporte de passageiros ter iniciado um programa piloto em San Francisco, alegando falta de autorização e com a ameaça de um processo.

A Uber Technologies Inc. iniciou os testes sem permissão, apesar da exigência da lei neste estado americano. Vinte empresas receberam autorização para testar um total de 130 veículos, indicou o Departamento de Veículos Motorizados da Califórnia (DMV).

Em uma carta ao Uber, o advogado do Departamento, Brian Soublet, afirma que a autorização é exigida em parte para garantir a segurança da população.

“É ilegal que uma empresa opere veículos sem motorista em vias públicas sem uma autorização de teste de veículos autônomos”, escreveu o advogado.

“É essencial que o Uber tome as medidas apropriadas para assegurar a segurança da população. Se o Uber não confirmar imediatamente que isto parou e solicitar a permissão para os testes, o DMV iniciará ações legais”, completa a carta.

O Uber começou a operar os carros sem motorista em San Francisco após um teste piloto no início do ano em Pittsburgh, Pensilvânia.

“Estamos emocionados de começar a operar em nossa cidade natal, San Francisco, com o Volvo XC90s, nossos primeiros carros construídos em parceria com uma importante montadora de automóveis”, destacou na ocasião o Uber em um comunicado.