Caixa vai deixar que Eike pague dívida da OSX em 40 anos

Banco teria feito um acordo, sem necessidade, de aceitar um pagamento parcelado, de acordo com coluna de Lauro Jardim de hoje

São Paulo – Em meio a tantas notícias negativas, uma notícia boa para Eike Batista: a Caixa Econômica Federal aceitará que o empresário pague o 1,1 bilhão de reais que deve parcelado em quarenta anos.

As informações são da coluna de hoje do colunista Lauro Jardim, de Veja.

De acordo com o colunista, o banco teria entrado sem necessidade no processo de recuperação judicial do estaleiro OSX.

Isso porque a Caixa estaria blindada pela Lei de Falências do não pagamento da dívida – o financiamento estava garantido pela alienação fiduciária de bens da OSX, suficiente para cobrir o montante.

Ainda segundo Lauro Jardim, toda operação na Caixa foi tocada pelo diretor jurídico Jailton Zanon, indicado por Ricardo Berzoini.

Em nota*, a Caixa informa que são inverídicas as informações e que o banco não teve qualquer prejuízo com a recuperação judicial do grupo OSX, tanto em relação aos valores, taxas e prazos, quanto as garantias.

A Caixa afirma ainda que receberá 100% do valor do banco fiador, em até 2 anos, sem qualquer redução de taxa até o vencimento. O plano de recuperação judicial aprovado prevê ainda uma ordem de pagamentos no qual o crédito de longo prazo da CAIXA possui prioridade em relação aos demais credores.

* Informações atualizadas às 17h44 de 03/03