Cade dá aval para operação entre BTG e Banif

Operação envolve a compra de ações da LDI Desenvolvimento Imobiliário, da Real Estate Partners (REP) e de carteira de crédito

Brasília – O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, operação entre o BTG Pactual e o Banif envolvendo a compra de ações da LDI Desenvolvimento Imobiliário, da Real Estate Partners (REP) e de carteira de crédito.

O aval ao ato de concentração foi publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira, 3. A operação foi notificada ao Cade no dia 09 de dezembro.

De acordo com os documentos entregues pelas partes, o ato envolve a potencial aquisição, pelo Grupo BTG Pactual, de pelo menos 36,19% do capital votante e total da LDI Desenvolvimento Imobiliário S.A., hoje da Banif.

Também está prevista potencial outorga de uma opção de compra em favor do grupo de ações representativas de pelos menos 4,3% do capital da REP e potencial aquisição de uma carteira de créditos, todos atualmente detidos pelo Banif.

No ano passado, o BTG iniciou negociações para adquirir o Banif, mas, em agosto, informou ao mercado que havia encerrado as tratativas. Na época, o objetivo era reforçar a área de “crédito podre” do BTG com a aquisição do Banif.

Em julho do ano passado, a LDI comprou 58,10% da REP, das mãos da PDG Realty.

O Cade também deu hoje aval para a compra de 25% do grupo Hilton Worldwide Holdings pela chinesa HNA Tourism, acionista da aérea brasileira Azul.

A transação foi anunciada em outubro por US$ 6,5 bilhões. Também foi autorizada a compra departicipação societária no Grupo Vitacon pela Imobiliária 506 do Brasil Projetos Imobiliários.