Warren Buffett e conselho estão de acordo sobre sucessão

Bilionário insistiu que Berkshire Hathaway deve ser parceira na escolha de empresas em dificuldades, mesmo depois que ele ser for

Omaha – Warren Buffett e o conselho do conglomerado Berkshire Hathaway estão “solidamente de acordo” sobre quem deve ser o próximo executivo-chefe da empresa, disse ele na reunião anual de acionistas da Berkshire neste sábado.

Mas Buffett, com 82 anos, também insistiu que a companhia deveria ser parceira na escolha de empresas em dificuldades, mesmo depois que ele ser for.

Quem finalmente assumir a Berkshire vai comandar um conglomerado que emprega mais de 280 mil pessoas em dezenas de empresas em todo o mundo, que oferecem de tudo, de sorvete a seguros, de varejo a ferrovias.

Durante a crise financeira e suas consequências imediatas, Berkshire ajudou a sustentar uma série de empresas, entre elas blue-chips como General Eletric e Goldman Sachs.

Muitos se referem a esses acordos com Buffett efetivamente concedendo seu selo de aprovação para as empresas.

Buffett, em uma prática do passado, não quis identificar seu successor. As especulações recaem sobre um pequeno grupo de executivos do topo da Berkshire, entre eles o chefe de seguros Ajit Jain e o líder em ferrovias, Matt Rose.

A amplitude da Berkshire significa que seu desempenho é muitas vezes visto como um barômetro para a economia em geral.