Dólar R$ 3,27 -0,54%
Euro R$ 3,65 0,07%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,36% 64.085 pts
Pontos 64.085
Variação 1,36%
Maior Alta 4,89% RADL3
Maior Baixa -6,09% JBSS3
Última atualização 26/05/2017 - 17:20 FONTE

Bernard Madoff é condenado a 150 anos de prisão

Autor de um dos maiores golpes financeiros da história, investidor americano respondia por 11 crimes

Depois da prisão preventiva em dezembro do ano passado, o investidor americano Bernard Madoff foi condenado nesta segunda-feira (29) a uma pena de 150 anos. Ele foi considerado culpado por 11 crimes, entre elas fraude contra o sistema financeiro, lavagem de dinheiro e perjúrio. Madoff confessou os crimes em março em troca de beneficios não divulgados.

O ex- presidente da bolsa eletrônica Nasdaq é autor de um dos maiores golpes financeiros de Wall Street. Nas últimas duas décadas, milhares de clientes – entre fundos de investimento, entidades de caridade e celebridades de Hollywood como Steven Spielberg – investiram 110 bilhões de reais nas empresas de Madoff, que sumiu com a quantia. O esquema arquitetado por ele se tratava de um pirâmide financeira que consiste em remunerar os clientes mais antigos com o dinheiro dos novos investidores, sem produzir rendimentos reais.

O advogado de defesa Ira Sorkin pediu por uma pena de 12 anos e serviços comunitários por 50 anos. Mas o juiz Denny Chin optou pela pena máxima que corresponde às 11 acusações as quais Madoff afirmou ser culpado.

A família de Madoff não compareceu ao julgamento, mas a mulher do investidor, Ruth, divulgou uma nota em que afirmava estar envergonhada, traída e confusa pelas revelações dos crimes do marido. “Nada do que eu disser será suficiente para minimizar o sofrimento diário que tantas pessoas estão enfrentando por causa do meu marido. Mas se importa para eles, saibam que todos os dias eu sofro com as histórias que leio ou escuto”, escreveu ela.

A polícia ainda investigará a mulher e os dois filhos de Madoff, apesar de ele ter sempre afirmado que organizou o esquema sozinho. Até agora foram identificadas mais de 1.341 contas com perdas de 26 bilhões de reais.

O casal Madoff se desfez da maioria de seus bens como casas e barcos. A mulher do investidor, que não foi acusada, poderá ficar com 5 milhões de reais depois de um acordo com os promotores.

*Com informações do Financial Times