BB: correspondentes movimentam R$ 49 bi em 2011

As operações bancárias desses correspondentes, como pagamentos de boletos, saques e depósitos, totalizaram 224 milhões de transações no ano passado

São Paulo – Os correspondentes do Banco do Brasil que fazem operações bancárias como pagamentos de boletos, saques e depósitos, fizeram 224 milhões de transações no ano passado, movimentando R$ 49 bilhões, segundo números divulgados hoje pelo banco. No crédito à pessoa física, 60 correspondentes estão habilitados a oferecer o produto. Em 2011, foram liberados R$ 3 bilhões em empréstimos nesses locais, um volume recorde. Na comparação com o ano anterior, houve expansão de 76% no volume. Foram feitas 628 mil operações no ano.

Outros 70 correspondentes do BB atuam com crédito imobiliário desde março do ano passado. Neles, foram feitas 2 mil operações referentes ao programa governamental Minha Casa, Minha Vida, no valor de R$ 156 milhões. O BB tem em torno de 30 mil correspondentes, incluindo os 6,2 mil do Banco Postal nas agências dos Correios que começou a operar no início deste mês. Cerca de 13 mil correspondentes fazem transações, como recebimento de títulos, tributos e convênios, consulta e pagamento de benefícios sociais e INSS, além de saques e depósitos.

O BB tem quatro correspondentes em rios da região Norte do país, para atender a população ribeirinha. Três estão no Estado do Amazonas e o outro no Pará. Além destes, o BB também possui correspondentes sobre rodas, em furgões adaptados exclusivamente para o serviço. Eles já são oito e a previsão é que até o final do ano sejam cem unidades.