Após megafusão, a cerveja Miller passará para Molson Coors

No Brasil, a SABMiller passou a produzir e vender a cerveja Miller em outubro de 2014, a partir de um acordo com o Grupo Petrópolis

São Paulo – A produção, venda e distribuição da cerveja Miller, marca da SABMiller, serão controladas pela Molson Coors, depois da aprovação e fechamento da fusão com a AB InBev.

Uma das exigências para a fusão é a venda da participação de 58% que a SABMiller detém na joint venture MillerCoors para sua parceira, Molson Coors Brewing Company, 5ª maior do mundo. Além da participação, a negociação também inclui a marca Miller.

No Brasil, a SABMiller passou a produzir e vender a cerveja Miller em outubro de 2014, a partir de um acordo com o Grupo Petrópolis.

As vendas começaram em maio e, desde então, a cerveja Miller chegou a 50 mil locais, com participação de 1,3% no segmento de cervejas premium.

A operação passará para as mãos da Molson Coors apenas após a aprovação e fechamento da megafusão, previsto para ocorrer entre julho de 2016 e maio de 2017.

Até lá, a SABMiller, ABInvev e Molson Coors continuam concorrentes no Brasil, afirma a empresa, e a parceria com o Grupo Petrópolis se mantém.

O valor da venda da fatia da SABMiller é de 12 bilhões de dólares. No último trimestre, a joint venture reportou faturamento de 344,4 milhões de dólares, queda de 8,6%. 

Os principais mercados da Molson Coors são os Estados Unidos, Canadá e Reino Unido. A incorporação da fatia dará condições para ela competir melhor na América Latina. Além disso, ajudará a empresa a cortar custos e recuperar crescimento.