Amazon entra no negócio de empréstimo estudantil

Pelo acordo, o Wells Fargo reduzirá em meio ponto percentual os juros dos empréstimos estudantis a clientes da Amazon que pagam a assinatura "Student Prime"

Nova York – A Amazon.com está entrando no negócio de empréstimo estudantil em parceria com o banco Wells Fargo, anunciaram as companhias nesta quinta-feira.

Pelo acordo, o Wells Fargo reduzirá em meio ponto percentual os juros dos empréstimos estudantis a clientes da Amazon que pagam a assinatura “Student Prime”, que proporciona benefícios como frete grátis de dois dias e acesso a filmes, programas de televisão e armazenamento de fotos.

O Wells Fargo, o terceiro maior banco dos Estados Unidos em ativos, está interessado em “atender nossos clientes onde eles estão – e cada vez mais isso é no espaço digital”, disse John Rasmussen, chefe do grupo de empréstimo pessoal do Wells Fargo, em um comunicado à imprensa.

O Wells Fargo tinha 12,2 bilhões de dólares em empréstimos estudantis em circulação no final de 2015, em comparação com 11,9 bilhões de dólares no final de 2014.