Acordo de leniência da UTC prevê pagamento de R$ 574 milhões

O acordo, assinado com o Ministério da Transparência e a CGU, prevê que o valor seja ressarcido aos cofres públicos pelos prejuízos causados por corrupção

Brasília – O Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) assinou nesta segunda-feira, 10, acordo de leniência com a UTC Engenharia.

Segundo apuração feita pela reportagem do Jornal O Estado de S. Paulo, o acordo prevê o ressarcimento de R$ 574 milhões aos cofres públicos, por prejuízos causados à Petrobras e a outros órgãos decorrentes de esquema de corrupção.

A informação sobre o fechamento do acordo consta de nota distribuída pelo ministério na qual avisa que detalhará os termos do acordo fechado na manhã desta segunda. A entrevista será concedida pelo ministro da pasta, Wagner Rosário, e a advogada-geral da União (AGU), Grace Mendonça.

“O acordo prevê o ressarcimento de pouco mais de meio bilhão de reais e foi o primeiro a ser celebrado com base na Lei Anticorrupção (nº 12.846/2013)”, cita o aviso da entrevista, que será realizada à tarde.