Dólar R$ 3,27 -0,31%
Euro R$ 3,66 0,08%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,60% 62.662 pts
Pontos 62.662
Variação 1,60%
Maior Alta 9,53% JBSS3
Maior Baixa -1,42% EMBR3
Última atualização 23/05/2017 - 17:20 FONTE

YouTuber afirma ter sido expulso de voo da Delta por falar árabe

Com mais de 2,2 milhões de seguidores no YouTube, o jovem de 23 anos filmou o momento em que deixou a aeronave, que faria o voo entre Londres e NY

Um nova-iorquino de origem iemenita, Adam Saleh, com muitos seguidores no YouTube, foi obrigado, nesta quarta-feira (21), a deixar um voo da companhia aérea americana Delta, pois segundo ele os passageiros se incomodaram pelo fato de ele falar árabe; já a empresa só fez menção a um “inconveniente”.

Com mais de 2,2 milhões de seguidores no YouTube, o jovem de 23 anos filmou o momento em que deixou a aeronave, que faria o voo entre Londres e Nova York, e divulgou a gravação em seu Twitter.

“Falamos uma língua diferente no avião e nos expulsaram”, disse Adam Saleh no microblog, referindo-se a uma conversa telefônica em árabe que havia tido com a sua mãe.

Ao seu redor, vários passageiros desaprovaram seu desembarque, porém ao fundo do avião, local onde ele estava inicialmente sentado, várias pessoas movimentaram as mãos com um gesto de “Adeus!”.

“Vocês são racistas”, ele disse aos passageiros. “Falo outra língua e vocês se sentem incomodados! Não posso acreditar nisso. Falamos outra língua e agora são seis brancos contra nós, barbudos. Sou eu que estou incomodado”, disse.

Três horas após compartilhar o vídeo em sua página, ele já tinha sido retuitado mais de 200 mil vezes.

A Delta publicou um comunicado justificando o desembarque como sendo um “inconveniente dentro da cabine aérea que levou a mais de vinte passageiros sentirem-se mal”.

A companhia certificou que teria começado uma investigação para compreender as circunstâncias exatas do incidente. Não menciona a conversa em árabe.

Adam Saleh recebeu em 2014 uma indicação do “Shorty Awards”, que premia ao melhor das redes sociais, por causa de sua popularidade como “estrela de YouTube”, segundo o site de vídeos.