Voos comerciais para Bariloche são retomados

Aeroporto da cidade estava fechado desde junho, em função da atividade do vulcão chileno Puyehue

Buenos Aires – O aeroporto da cidade de Bariloche, 1.600 km a sudoeste da capital argentina, recebeu neste sábado o primeiro voo comercial desde que foi fechado, em 4 de junho, devido às cinzas do vulcão chileno Puyehue, informou uma fonte aeroportuária.

“Foi um voo da Aerolíneas Argentinas, que anunciou que realizará, a princípio, um voo diário, enquanto as condições permitirem”, disse a fonte da Aeropuertos Argentina 2000 em Bariloche.

O voo, com 140 passageiros, muitos deles brasileiros, pousou às 10h35 locais, em uma manhã ensolarada e sem ventos, o que permitiu uma chegada tranquila, já que não havia cinzas em suspensão.

Em 18 de julho, um avião fretado da companhia Andes aterrissou com 120 turistas de São Paulo, e, desde então, o aeroporto vinha recebendo “apenas alguns aviões particulares ou fretados”, contou a fonte.

Antes da erupção do vulcão, a companhia oferecia na baixa temporada seis voos diários para Bariloche. Nos últimos meses, os voos da Aerolíneas Argentinas passaram a pousar na cidade de Esquel, e os passageiros, a serem levados por terra de lá até Bariloche.

San Carlos de Bariloche, de 130 mil habitantes, costuma receber entre julho e setembro 250 mil turistas, que, em 2010, proporcionaram uma receita de 230 milhões de dólares.