Venezuela prende outro ativista de oposição a Maduro

Gilber Caro, parlamentar suplente do partido Vontade Popular, foi preso na quarta-feira no Estado de Miranda

Caracas – Agentes de inteligência da Venezuela prenderam na quarta-feira um ativista da oposição acusado de planejar atos de violência, embora seu partido tenha dito que armas foram colocadas em seu carro para incriminá-lo como parte de uma onda de repressão do governo.

Em um padrão familiar de ações no últimos meses contra ativistas da oposição, Gilber Caro, parlamentar suplente do partido Vontade Popular, foi preso na quarta-feira no Estado de Miranda, segundo o governo.

“É uma questão de capturar e romper aqueles que persistem no caminho da violência”, disse o vice-presidente Tarek El Aissami, escolhido recentemente pelo presidente Nicolás Maduro para liderar uma unidade “antigolpe” dentro do governo.

O vice-presidente disse que Caro carregava uma arma, munição e explosivos, acrescentando que o político da oposição possui ficha criminal, incluindo acusações de assassinato e tráfico de drogas.

O partido Vontade Popular disse que Caro voltava de uma viagem com sua namorada quando foi parado.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s