Venezuela diz que não reconhecerá resultado de reunião da OEA

O secretário-geral da OEA, Luis Almagro, disse nesta segunda-feira que há uma crise constitucional na Venezuela

Cancún – A chanceler da Venezuela, Delcy Rodríguez, disse nesta segunda-feira que o governo de seu país não reconhecerá nenhuma resolução tomada pela Organização de Estados Americanos (OEA), que iniciou nesta segunda-feira sua assembleia-geral no México com a crise venezuelana como tema principal.

A ministra concedeu uma entrevista coletiva durante a assembleia, realizada no centro turístico de Cancún.

O secretário-geral da OEA, Luis Almagro, disse nesta segunda-feira que há uma crise constitucional na Venezuela e que o país precisa de um calendário eleitoral, libertar os presos políticos e um Judiciário independente.