Uruguai analisa projeto de fronteira unificada com Brasil

O governo do Uruguai está debatendo a criação de uma fronteira unificada entre as cidades de Chuy e Chuí, no país vizinho e no Brasil, respectivamente

Montevidéu – O ministro da Defesa do Uruguai, Jorge Menéndez, analisou neste domingo na cidade uruguaia de Rocha a possibilidade de realizar um projeto de fronteira unificada na cidade de Chuy, na divisa com o Brasil, a fim de “melhorar as atividades” no local, informou neste domingo a presidência do país platino em seu site.

“A passagem fronteiriça de Chuy é muito importante para o Uruguai. Ela está dentro dos projetos que nós temos no Ministério da Defesa para as atividades na fronteira e queremos melhorá-la”, explicou Menéndez à imprensa após uma reunião com a prefeita da cidade, Mary Urse.

Além disso, o ministro comentou que sua pasta pretende estabelecer “uma série de portas de entrada ao país, que não seja apenas o aeroporto de Carrasco”, o que incluiria a passagem fronteiriça de Chuy com a vizinha Chuí, do lado brasileiro da fronteira.

Nesse sentido, Menéndez explicou que o centro integrado de fronteira é um dos projetos que o Uruguai tem para construção e administração em um chamado internacional através da Corporação Nacional para o Desenvolvimento e a integração com outros ministérios.

“Veremos no curto prazo se podemos oferecer novidades nesse aspecto. O ministério tem que realizar uma desapropriação de alguns hectares para realizar este projeto. Caso isso não aconteça, o projeto será destinado a uma área de estacionamento de carga”, destacou o ministro.

Menéndez se encontrava na cidade de Rocha, no leste do país, na jornada preparatória do Conselho Aberto de Ministros do Executivo uruguaio que será realizado amanhã no balneário de La Coronilla, situado na província de Rocha.