UE e Bélgica se solidarizam com vítimas de atentado em Barcelona

Ataque terrorista em Barcelona deixou pelo menos duas pessoas mortas e outras 20 feridas

Bruxelas – A União Europeia (UE) e a Bélgica prestaram solidariedade nesta quinta-feira às vítimas do atropelamento na cidade de Barcelona que deixou pelo menos dois mortos e 20 feridos.

“A minha solidariedade às vítimas do atentado terrorista de Barcelona. Apoio total às autoridades. Toda a UE unida em defesa da paz”, escreveu em espanhol em sua conta no Twitter o presidente do Parlamento Europeu (PE), Antonio Tajani.

O presidente da bancada de Socialistas e Democratas do Parlamento Europeu, Gianni Pittella, afirmou na mesma rede social que “a UE não se deixará vencer pelo pesadelo do terrorismo”.

“Estaremos sempre com as vítimas e contra os sanguinários terroristas”, acrescentou.

O líder do Partido Popular Europeu, Manfred Weber, também mostrou apoio às vítimas do ataque terrorista e “ao povo espanhol”.

“Lutaremos lado a lado contra o terrorismo e ganharemos esta batalha”, escreveu Weber no Twitter.

A comissária de Comércio da UE, a sueca Cecilia Malmström, também se pronunciou na rede social. “Terríveis notícias em Barcelona. Os nossos pensamentos estão com as vítimas e com todos as pessoas afetadas”, afirmou.

Pelo menos duas pessoas morreram hoje e outras 20 ficaram feridas em um atentado terrorista em Barcelona, ao serem atropeladas por uma van em uma rua de grande fluxo de pedestres.