Turquia se diz perto de identificar autor de ataque em Istambul

Vice-premiê turco disse que ficou claro que a incursão militar da Turquia na Síria, lançada em agosto, irritou "grupos terroristas"

Ancara – As autoridades turcas estão próximas de identificar plenamente o atirador responsável por um ataque a uma boate de Istambul que matou 39 pessoas no dia de Ano Novo, e detiveram mais oito pessoas, disse um porta-voz do governo nesta segunda-feira.

“As informações sobre as impressões digitais e a aparência básica do terrorista foram encontradas. E no processo depois disso, será realizado um trabalho para identificá-lo rapidamente”, disse o vice-primeiro-ministro Numan Kurtulmus em entrevista coletiva.

O vice-premiê disse que ficou claro que a incursão militar da Turquia na Síria, lançada em agosto, irritou “grupos terroristas” e aqueles por trás deles, mas disse que a ofensiva continuará até que todas as ameaças à Turquia sejam removidas.

A Turquia enviou tanques e forças especiais para a Síria há pouco mais de quatro meses para expulsar os militantes islâmicos da fronteira e impedir que os combatentes da milícia curda tomassem terreno em seu rastro.

Kurtulmus também disse que o ataque de domingo tem diferenças significativas em relação a ataques anteriores na Turquia, e que foi levado a cabo para criar divisões dentro da sociedade turca.