Turquia proíbe voo de observação russo em seu espaço aéreo

A Turquia e a Rússia atravessam uma grave crise diplomática desde que a aviação turca derrubou na fronteira síria em novembro um bombardeiro russo

A Turquia confirmou nesta quinta-feira ter proibido por razões de segurança um voo de observação russo em seu espaço aéreo próximo à Síria, e explicou que os dois países, em plena crise diplomática, não conseguiram entrar em acordo.

“Não foi possível chegar a um acordo sobre o itinerário pedido pela Federação da Rússia para o voo de reconhecimento do período de 2 a 5 de fevereiro de 2016, razão pela qual o voo não foi realizado”, indicou o ministro turco das Relações Exteriores.

A Turquia, integrante da Otan, e a Rússia atravessam uma grave crise diplomática desde que a aviação turca derrubou na fronteira síria em novembro um bombardeiro russo, acusado de ter entrado em seu espaço aéreo na fronteira com a Síria.