Turquia diz que garantirá cessar-fogo sírio junto com Rússia

De acordo com o governo turco, o cessar-fogo exclui grupos considerados terroristas pelo Conselho de Segurança da ONU

Ancara – Turquia e Rússia atuarão como garantidores de um cessar-fogo nacional na Síria, que deve entrar em vigor à meia-noite, disse o ministério das Relações Exteriores turco nesta quinta-feira.

De acordo com o governo turco, o cessar-fogo exclui grupos considerados terroristas pelo Conselho de Segurança da ONU, como o Estado Islâmico, e Ancara ainda destacou a importância do apoio de países influentes em ambos os lados do combate.

“Com este acordo, as partes concordaram em cessar todos os ataques armados, inclusive aéreos, e prometeram não expandir as áreas que controlam uns contra os outros”, disse o ministério das Relações Exteriores turco em comunicado.

Representantes do governo sírio e da oposição se reunirão em breve em Astana, no Cazaquistão, com supervisão dos países garantidores, acrescentou o comunicado.