Turquia bombardeia posições curdas no sudeste do país

Cinco policiais e dois soldados turcos morreram na segunda-feira em ataques atribuídos ao Partido dos Trabalhadores do Curdistão

A aviação turca bombardeou na madrugada desta terça-feira posições do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) no sudeste do país, em repostas aos ataques de segunda-feira atribuídos aos separatistas curdos.

“Dezesseis alvos foram atingidos com precisão na província de Hakkari”, anunciou o Estado-Maior em um comunicado.

Cinco policiais e dois soldados turcos morreram na segunda-feira em ataques atribuídos ao PKK.

Um grupo clandestino de extrema-esquerda, o DHKP-C (Partido/Frente Revolucionário de Libertação do Povo), reivindicou o atentado contra o consulado dos Estados Unidos em Istambul.

Ancara iniciou em 24 de julho uma “guerra contra o terrorismo”, que tem como alvos o PKK e o grupo Estado Islâmico na Síria. Mas quase todos os ataques se concentraram até o momento na guerrilha curda.