Tufão Meranti atinge corta fornecimento de energia na China

A tempestade, registrada como um super tufão depois de varrer o sul de Taiwan e perder força, chegou ao continente nas primeiras horas da quinta-feira

Pequim – O tufão Meranti se abateu sobre o sudeste da China nesta quinta-feira com ventos fortes e chuva intensa que cortaram a eletricidade de 1,65 milhão de casas, mas não houve relatos de vítimas da tempestade que vem sendo descrita como a mais forte do ano no mundo todo.

A tempestade, registrada como um super tufão depois de varrer o sul de Taiwan e perder força, chegou ao continente nas primeiras horas da quinta-feira perto de Xiamen, uma cidade de grande porte.

Dezenas de voos e serviços de trem foram cancelados, informou a televisão estatal, prejudicando as viagens no início do feriado de três dias do Festival do Meio do Outono.

Fotos publicadas na mídia estatal mostraram ruas alagadas, árvores caídas e carros esmagados em Xiamen enquanto socorristas retiravam pessoas em barcos.

Cerca de 320 mil lares de Xiamen ficaram sem energia. Por toda a província de Fujian, onde Xiamen está localizada, 1,65 milhão de residências tiveram a energia interrompida, disse a TV estatal.

Grandes porções de Xiamen também tiveram problemas com o abastecimento de água, e algumas janelas de edifícios altos se estilhaçaram, cobrindo o chão de vidro, relatou a agência estatal de notícias Xinhua.

A reportagem disse ter se tratado do tufão mais forte a atingir aquela parte do país desde a fundação da China comunista, em 1949, e o mais potente deste ano em qualquer lugar do mundo.

Dezenas de milhares de pessoas já haviam sido retiradas devido à aproximação da tempestade, e barcos de pesca foram chamados de volta ao porto.

Uma pessoa morreu e 38 ficaram feridas em Taiwan, informou o Centro de Operações de Emergência do país, quando o tufão atingiu a parte sul da ilha na quarta-feira.

O Meranti foi um tufão de Categoria 5, a classificação mais alta atribuída pela agência de monitoramente Risco de Tempestade Tropical, antes de alcançar o território continental, e desde então foi rebaixado para a Categoria 2.

Tufões são comuns nesta época do ano, ganhando força à medida que cruzam as águas quentes do Oceano Pacífico e levando ventos fortes e chuva quando chegam à terra.

O Meranti irá continuar a perder potência enquanto segue para dentro do continente e sobe rumo a Xangai, a capital comercial da China, mas irá causar chuvas pesadas.