Tufão deixa pelo menos 15 mortos e 43 feridos no Centro-Oeste do Japão

Segundo a Agência Meteorológica do país, o tufão Talas se deslocou hoje (4) para o Mar do Japão.

Brasília – Pelo menos 15 pessoas morreram e 43 ficaram feridas após a passagem do tufão Talas pelo Centro-Oeste do Japão, informou a agência de notícias Kyodo. Houve também danos materiais e problemas nos serviços de transportes. Só na província de Wakayama, perto das cidades de Osakae Nara, morreram oito pessoas e 32 estão desaparecidas

Algumas pessoas foram arrastadas pela águas dos rios, que subiram, ou foram sepultados por deslizamentos de terra. A elevação do nível dos rios e os deslizamentos de terra foram as principais consequências do fenômeno na Ilha de Shikoku e em outras zonas do Sudoeste de Honshu. O duodécimo tufão da temporada provocou também cortes de luz e a evacuação de centenas de casas.

Segundo a Agência Meteorológica do Japão, a tormenta gerou ventos de até 108 quilômetros por hora e intensas precipitações.

As viagens de trem foram suspensas nas regiões afetadas pelo temporal, o que permitiu que se evitassem maiores problemas, após a queda de uma ponte na localidade de Nachikatsuura. Não houve vítimas na queda da ponte, que era usada por uma de las linhas da companhia ferroviária JR West.

Segundo a Agência Meteorológica do país, o tufão se deslocou hoje (4) para o Mar do Japão.