Dólar R$ 3,27 -0,54%
Euro R$ 3,65 0,28%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa -0,55% 63.731 pts
Pontos 63.731
Variação -0,55%
Maior Alta 3,72% FIBR3
Maior Baixa -3,20% TIMP3
Última atualização 29/05/2017 - 13:45 FONTE

Trump parte para sua primeira viagem internacional

Em sua conta pessoal do Twitter, Trump prometeu que durante esta viagem "protegerá energicamente os interesses americanos"

Washington – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, deixou Washington nesta sexta-feira para iniciar sua primeira viagem internacional desde que chegou à Casa Branca, em janeiro, e que o levará a Arábia Saudita, Israel e Vaticano, assim como às cúpulas da Otan, em Bruxelas, e do G7, na Sicília (Itália).

O avião presidencial Air Force One decolou na base aérea de Andrews, nos arredores de Washington, por volta das 14h30 (hora local; 15h30 de Brasília) com destino a Riad, onde Trump passará o fim de semana antes de embarcar na segunda-feira rumo a Israel.

Em sua conta no Twitter, Trump prometeu que durante a viagem ” protegerá energicamente os interesses americanos”.

Acompanhado da primeira dama, Melania Trump, o presidente se mostrou sorridente e acenou das escadas do avião antes de entrar.

Também viajam com o presidente americano sua filha mais velha, Ivanka, seu genro, Jared Kushner, o chefe de gabinete, Reince Priebus, e o principal assessor econômico da Casa Branca, Gary Cohn, entre outros.

Trump se diferenciou de seus antecessores mais recentes ao não escolher para a primeira viagem internacional os vizinhos México e Canadá.

Em Riad, onde começará sua agenda oficial na manhã de sábado, Trump se reunirá com o rei saudita, Salman bin Abdelaziz, e terá um encontro com dezenas de líderes de países árabes e muçulmanos como Jordânia, Egito, Cazaquistão e Indonésia.

Além disso, Trump fará um discurso sobre a “visão pacífica do islã” e detalhará seus planos para impulsionar a criação de uma espécie de “Otan árabe”, de acordo com a Casa Branca.

A partir de segunda-feira. Trump estará em Israel, onde se reunirá com o premiê Benjamín Netanyahu, em Jerusalém, e depois com o presidente palestino, Mahmoud Abbas, na Cisjordânia.

Em uma entrevista publicada hoje pelo jornal “Israel Hayom”, Trump se mostrou convicto de que “há uma possibilidade enorme” de alcançar um acordo de paz entre palestinos e israelenses.

Para quarta-feira está programada a audiência entre Trump e o papa Francisco no Vaticano, e no mesmo dia o presidente americano viajará a Bruxelas para participar, na quinta, da cúpula de líderes da Otan, entre outras atividades.

O tour internacional de Trump terá sua última escala na cidade italiana de Taormina, na Sicília, onde ele vai participar da cúpula de líderes do G7, que será realizada na sexta-feira e no sábado.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s