Trump e Peña Nieto esboçam reaproximação, mas divergem sobre muro

Ao afirmar ser "evidente" que o México vai pagar pelo muro na fronteira, Trump foi negado prontamente pelo presidente mexicano

Hamburgo – Os presidentes dos Estados Unidos, Donald Trump, e do México, Enrique Peña Nieto, esboçaram uma reaproximação diplomática durante a reunião do G-20 (grupo que reúne as 20 economias mais ricas do globo).

Esse foi primeiro encontro público dos dois e também marca a primeira vez que eles se falam pessoalmente desde a crise envolvendo o muro que o republicano deseja construir na fronteira mexicana.

O aceno inicial veio de Trump, que classificou Peña Nieto como seu “amigo”. O mexicano disse que espera manter um “diálogo fluente”.

No entanto, Trump não deixou de lado a beligerância que lhe é comum. Ele disse que é “evidente” que o México vai pagar pelo muro na fronteira, o que foi negado prontamente por Peña Nieto.

A construção do muro na fronteira com o México é uma das principais promessas de campanha de Donald Trump. Em janeiro, ao assumir o cargo, ele voltou a dizer que é uma das prioridades do governo, o que gerou uma crise diplomática com o México. O presidente mexicano cancelou à época a visita que faria à Casa Branca.

Fonte: Associated Press.