Trump diz que tiroteio em Paris “parece outro ataque terrorista”

Um policial foi morto e outro ficou ferido durante um tiroteio durante o início da noite na Avenida Champs-Élysées em Paris

Washington – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que o tiroteio ocorrido nesta quinta-feira na avenida Champs-Élysées, em Paris, que deixou pelo menos dois mortos, “parece outro ataque terrorista”, e enviou condolências “ao povo da França”.

“É muito, muito terrível. Parece outro ataque terrorista. O que posso dizer? Isto nunca acaba, temos que nos manter fortes e atentos”, disse Trump em entrevista coletiva depois de se reunir na Casa Branca com o primeiro-ministro da Itália, Paolo Gentiloni, que também expressou suas condolências ao povo da França.

Segundo as primeiras informações, a Champs-Élysées foi evacuada pela polícia após o tiroteio, no qual um segundo policial pode ter sido ferido.

O porta-voz do Ministério do Interior, Pierre-Henri Brandet, assegurou que o autor do tiroteio tinha como alvo os polícias que patrulhavam a área.

Em declarações à emissora “BFMTV”, Brandet declarou que o autor disparou “deliberadamente” contra um agente que estava em um carro-patrulha e, posteriormente, tentou matar outros companheiros que se encontravam na rua.

Por enquanto, as autoridades francesas não deram mais detalhes sobre o incidente na icônica avenida da capital francesa, a três dias do primeiro turno das eleições presidenciais.

Veja também