Trump diz que Michael Flynn foi injustiçado pela mídia

Trump disse que era muito triste o vazamento de informações secretas, que acabaram comprometendo seu então assessor de Segurança Nacional

São Paulo – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que Michael Flynn, seu então assessor de Segurança Nacional, é “maravilhoso” e foi tratado de forma “muito injusta” pela mídia, e também pelo que chamou de “mídia falsa”, durante coletiva de imprensa com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu.

Trump disse que era “uma coisa muito triste” o vazamento de informações secretas, que acabaram comprometendo Flynn, e que a ação constitui um ato criminoso.

Ele ainda voltou a afirmar que os vazamentos são direcionados a encobrir a derrota do Partido Democrata na eleição presidencial.

Michael Flynn renunciou ao cargo na segunda-feira, permanecendo menos de um mês na Segurança Nacional, após ter supostamente discutido as sanções dos EUA contra a Rússia com o embaixador de Moscou, Sergey Kislyak, em um telefonema que teria ocorrido no final do ano passado, antes de Trump assumir a presidência.