Trump critica serviços de inteligência por suposta reunião adiada

Reunião trataria da suposta sabotagem russa durante a campanha eleitoral do ano passado

Washington – O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, publicou uma série de mensagens na noite de ontem em seu perfil no Twitter criticando as agências de inteligência norte-americanas por adiarem uma reunião com ele para tratar da suposta sabotagem russa durante a campanha eleitoral do ano passado.

Em seus tuítes, o republicano ironizou, afirmando que as agências talvez precisassem “de mais tempo para levantar algo” e mostrar no encontro.

No entanto, um membro de uma dessas agências rebateu as acusações, afirmando que ela sempre esteve agendada para a sexta-feira e que aconteceria após um relatório formal ser apresentado na Casa Branca.

Autoridades de inteligência têm se surpreendido com as críticas abertas de Tump ao seu trabalho e também sua relação e proximidade com o presidente russo Vladimir Putin, a quem muitos consideram um adversário exterior.

No fim de semana, Trump afirmou à repórteres que sabia “coisas que outras pessoas não sabiam” sobre a suposta interferência cibernética por parte da Rússia no Comitê Nacional Democrata, acrescentando que mais informações seriam divulgadas na terça ou quarta-feira.

Ele também afirmou que a operação de hackeamento poderia não ter sido conduzida pela Rússia, mas por outro alguém”.

Fonte: Dow Jones Newswires.