Trump acusa republicanos de prejudicarem sua campanha

"Que bom que me tiraram os grilhões, agora posso lutar pelos Estados Unidos da maneira que eu quero", escreveu Trump

O candidato Donald Trump respondeu nesta terça-feira à perda de apoio do líder republicano Paul Ryan, acusando-o de ser um fraco e declarando-se livre dos grilhões partidários a menos de quatro semanas para as eleições presidenciais nos Estados Unidos.

Trump lançou uma rajada de tuítes acusando de “fraco e líder incompetente” o chefe do Partido Republicano Paul Ryan – presidente da Câmara de Representantes-, que na segunda-feira disse que não defenderá ou fará campanha pelo magnata.

“Que bom que me tiraram os grilhões, agora posso lutar pelos Estados Unidos da maneira que eu quero”, escreveu Trump.

A relação entre Trump e a direção republicana tem sido tensa desde o início, mas esfriou ainda mais à medida que a candidata democrata Hillary Clinton sobe nas pesquisas.

“Os R (republicanos) desleais são de longe mais difíceis que a Hillary Malandra. Te atacam de todos os lados. Não sabem como vencer – Vou ensinar a eles”, afirmou.