Três suspeitos de atentado em Berlim são presos na Turquia

Os três são suspeitos de estarem relacionados com Anis Amri, o suposto autor do ataque contra um mercado de Natal em Berlim em 19 de dezembro

Três homens suspeitos de envolvimento no atentado contra um mercado de Natal em Berlim e de planejar um ataque na Europa foram detidos em um aeroporto de Istambul, informaram nesta segunda-feira meios de comunicação turcos.

Os três cidadãos alemães de origem libanesa foram presos na semana passada no Aeroporto Internacional de Ataturk.

Segundo a imprensa local, os três são suspeitos de estarem relacionados com Anis Amri, o suposto autor do ataque, que investiu com um caminhão contra um mercado de Natal em Berlim, em 19 de dezembro, matando 12 pessoas.

Os suspeitos foram detidos pela polícia de combate ao terrorismo em Istambul, que recebeu informações de que os três homens queriam viajar para um país europeu não especificado, provavelmente para cometer um ataque, informou a imprensa turca.

Um cidadão alemão de origem jordaniana, também suspeito de ter ligações com Anis Amri, foi preso em 11 de março, em Izmir (oeste da Turquia), segundo informou a agência de notícias pró-governo Anadolu.

Anis Amri, um tunisiano 24 anos, foi morto por dois policiais italianos em Milão, no norte da Itália, poucos dias depois do ataque em Berlim, que foi reivindicado pelo grupo Estado Islâmico (EI).